logo Dobralab
Aplicativos

Aplicativos

Criação e desenvolvimento de sistemas multiplataforma, com soluções para web, desktop e smartphones.
Interfaces Naturais

Interfaces naturais

Implementação de jogos e aplicações interativas envolvendo novas tecnologias multitoque, sensível à gestos ou com reconhecimento facial.
Simuladores

Simuladores

Sistemas de apoio à decisão, com projeção de cenários hipotéticos, através da análise e visualização de dados.


Sensitive Hand

Experimento com interfaces naturais desenvolvido pela DobraLab com apoio da Amana-Key. O projeto reúne diferentes tecnologias como prototipagem e impressão 3D, sensores de movimentos manuais Leap Motion, placas controladoras Arduino e motores de passo.

O projeto consiste na montagem de uma mão robótica impressa em ABS, a qual tem seus dedos e rotação de pulso controlados à distância por uma mão humana se movimentando livremente.

O sistema faz parte de uma sequência de experimentos em busca de processos de inovação a partir da integração de novas tecnologias, desenvolvidos em parceria com a Amana-Key ao longo de 2013.

Sensitive Hand Sensitive Hand Sensitive Hand Sensitive Hand Sensitive Hand
Foram utilizadas impressoras Cubify e Metamáquina.
Foi utilizado um modelo open source para as partes impressas em verde.

App para o Metrô de São Paulo


Aplicativo para o Metrô desenvolvido para telas touchscreen em grandes formatos. O objetivo foi disponibilizar, em mesas interativas espalhadas pelas estações, informações de interesse público sobre a linha Lilás, ainda em construção.

O aplicativo é formado em duas partes, a primeira contendo animação que exibe dados da obra e uma segunda com conteúdo interativo. Navegando na mesa, estação por estação, os usuários do metrô tomam conhecimento das qualidades e do entorno de cada futura estação.

Metrô Linha Lilás

Metrô Linha Lilás Metrô Linha Lilás Metrô Linha Lilás

Metrô Linha Lilás Metrô Linha Lilás Metrô Linha Lilás

Projector Belt

Projeto criado e desenvolvido em workshop multidisciplinar com o tema Walking and Interaction, como parte das atividades do curso internacional KOSMOS Summer University Mobility, promovido pela Universidade Humboldt de Berlim, em Setembro de 2013.

O objetivo do projeto foi questionar a ideia de interação-e-pedestrianismo como ligada unicamente à lógica HCI (Human Computer Interface) dos smartphones e equipamentos de geolocalização. Voltado para soluções que fazem emergir sistemas abertos, ao invés de promover a imersão fechada, o projeto explora a passagem pelo espaço público, e o uso de equipamentos eletrônicos, como oportunidade de interação entre os caminhantes.

O sistema vestível é formado por um cinturão onde se prendem um smartphone e um projetor portátil. Com autonomia de uma hora de bateria, a conexão entre os equipamentos permite que o usuário controle o conteúdo que deseja projetar nas superfícies da cidade. Como balões de pensamento se materializando em público, o usuário do cinturão caminha compartilhando imagens, animações e textos. As frases projetadas foram retiradas de textos do filósofo francês Michel de Certeau.

Projector Belt Projector Belt Projector Belt Projector Belt